quarta-feira, 28 de fevereiro de 2007

Oscars - 79ª gala de entrega de prémios da Academia de Holywood


Foi no passado domingo que, pelas mãos da TVI, nos chegou em directo a 79ª gala de entrega de prémios da Academia de Holywood, no Kodak Theatre em Los Angeles. Uma gala que, devido a uma descida de share nos últimos três anos, contou este ano com uma novo apresentadora, Ellen DeGeneres, que nos brindou em Finding Nemo, com a voz de Doris.


A anfitriã, que nos brindou com o seu bom humor que personificava “cá e lá” aquilo que os espectadores desejariam fazer, trocou o tradicional vestido com um outfit, que foi trocando ao longo da cerimónia. Já Kate Winslet ostentava um vestido verde pálido Valentino e que, ao contrário dos vestidos de Adriana Barraza e de Nicole Kidman (vestida por Balenciaga), em nada favorecia a actriz de Pecados Íntimos.

As roupas de Tom Cruise e Katie Holmes são de autoria de Victoria Beckham, enquanto Madonna usou um D&G enquanto Cameron Diaz levou um belíssimo Valentino.

Das 24 categorias premiadas pela Academia são de salientar o prémio de Melhor Actriz de Helen Mirren (A Rainha), Forest Whitaker como Melhor Actor por O Ultimo Rei da Escócia, M. Scorsese pela Realização de Entre Inimigos e como Melhor Filme de 2006, o filme Entre Inimigo, ao das expectativas que apontavam para Babel.

Alan Arkin consegui à terceira nomeação um Oscar como Melhor Actor Secundário no filme Litlle Miss Sunshine, sendo em conjunto com a escolha de Happy Feet(Melhor Filme de Animação) as duas grandes surpresas da noite.

O Oscar da categoria de Melhor Som fica com Dreamgirls (filme mais nomeado do ano, com 8 nomeações em 6 categorias) que, com três nomeações para Melhor Canção Original, perde o “litlle guy” para I need to wake up de Uma Verdade Inconveniente.

Uma gala bastante internacional com uma grande equidade na distribuição dos prémios sem concentrar muito a celebração apenas num dos nomeados deste ano, o que trouxe à cerimónia um grande sentido de espectáculo.

Al Gore destaca-se com a sua intervenção hollywoodesca

Destaque-se ainda o Maestro e compositor Ennio Morricane que leva para casa o Oscar Honorário em homenagem aos 40 excelentes anos de trabalho onde produziu mais de 500 bandas sonoras.




A não perder: A nova secção da tvmais: As escolhas de Cláudio.


1 comentário:

Daniel disse...

Pelo menos não foi uma noite a mandar oscars sempre ao mesmo filme...!